Thiago Terenzi (2012)

by Thiago Terenzi

/
  • Streaming + Download

     

1.
03:06
2.
3.
04:13
4.
5.
6.
03:50

credits

released April 28, 2012

tags

license

all rights reserved

about

Thiago Terenzi Belo Horizonte, Brazil

contact / help

Contact Thiago Terenzi

Streaming and
Download help

Track Name: Essa Noite
O seu jeito de me olhar me deixa louco
Me arrepia o pêlo e eu nem sei
Perco o fio, testo o tato, invento um gosto
Acho que gosto mesmo de você

Me diz
Que essa noite
A noite vai durar

O seu jeito de roçar a minha boca
Como numa cena de tevê
O meu corpo inventa o seu corpo e eu gosto
Acho que gosto mesmo de você
Track Name: Aos Que Não Pertencem
Hey, boy
Esse rosto perfeito de homem sem medos não engana ninguém
Senta aqui do meu lado que eu te dou um trago
Todo mundo rodando, rodando na roda e a gente aqui, boy
Todo mundo se cabe na roda e a gente nem cabe aqui

Hey, boy
Esse rosto sem jeito, espinha na cara, não engana ninguém
Nem sofreu por amor nem chorou no escuro da noite
Vai de volta pra casa que a madrugada é de quem não pertence não
Vai de volta pra casa que a madrugada é triste

Segue o caminho de lá
Que esse daqui é de dor
Tem bicho-papão e solidão cruel
Pelos lados de cá
Track Name: Riso Torto
Ah, esse cheiro mofado no apartamento
Essa saudade que me tira o ar
E as tequilas na Mary madrugada a dentro
Ah, essas noites que eu mal sei lembrar

Eu que nunca tive muito, fingia ter tudo
Eu que nem posso me chamar de meu
Ah, eu me pego em silêncio rezando no escuro
Aí eu grito para qualquer deus

Que seja doce lá fora
Que hoje eu possa dormir
Que meu cansaço enfim possa ancorar
Que hoje eu saiba sorrir

Eu que já li quase todas as drogas do mundo
E já finji acreditar em deus
Tentei bebida boate prozac e no fundo
Essa ausência teima em doer

Se é estória de fadas essa nossa história
Então que venha o final feliz
Nessa novela em que eu finjo fingir que não choro
E aqui dentro eu me aqueço em mim

E eu já nem consigo me lembrar
Até onde fui depois das tequilas no bar
E eu já nem mais quero me lembrar
Que esse riso torto e morto é pra não se entregar
Track Name: Calças Vermelhas
Ah,
Se hoje o dia nascer cinza
Já está tudo planejado
Se hoje o dia nascer frio, vida fria, dia
Riso e melancolia

Mesa posta pela casa
Tédio, tempo, dores
De nem saber sorrir

Ah, está tudo planejado
Ah, está tudo planejado

Apago as luzes no escuro
Finjo ser seguro
Seco as minhas lágrimas
Ascendo as luzes já nem quero
Mesmo ser seguro
Fecho os olhos e abro o gás
Seco as minhas lágrimas
Fecho os olhos e abro
O gás

Ou então,
Ponho minhas calças vermelhas de rock
E vou pra festa dançar

Ou então,
Que seja leve esse frio lá fora
Ou vou pra festa dançar
E pego o copo de uísque e bebo
Até o sol clarear

Ou então,
Ponho minhas calças vermelhas de rock
E vou pra festa dançar
Track Name: Sobre Garotos
Hey,
Qual é seu nome?
Eu acho que gostei de ti
Me diz seu signo
Nem é tão errado assim
Vamos nos divertir

Hey,
Abre a janela
Eu já nem me importo mais
Esse teatro chato
Agora tanto faz
Eu só quero viver

Hey,
Eu que andava tão longe de mim
Eu que perdido, torto me encontrei enfim
Eu que jamais chorei

Hey,
Sai dessa cama, anda, há tanto mar
Abre o seu mundo mudo, a vida é pra gritar
A vida é pra viver

A vida é pra viver
Track Name: Pequena
Ela
Já tentou quase tudo, de droga a Jesus
E se pinta inteira a imagem de moça-problema
Pra que fingir que a gente é feliz?

Ela
Maquiagem borrada de choro e de blues
Se abraça sozinha dizendo "Acalma, Pequena
Vai ver a gente é que é mesmo feliz"
Há sempre um sorriso entre o cigarro e o gim

Não demora, por favor
Que eu nem tenho mais idade
Pra ainda crer que o tempo
Nunca é tarde

Vem depressa, meu amor
E me mente que ainda temos tempo
Eu tenho tanto medo

Ela
Que nem tem mais idade pra crer no amor
Sabe a eternidade é um sonho que a gente inventa
Mas diz que é verdade e está tudo bem
Inventa a verdade e eu invento também